Jesus é o rochedo que nos salva!!!



JESUS IS THE ROCK ... foi o nome de um evento promovido pela CODIMUC aqui em Cachoeira Paulista_SP. Mais de 40 bandas se apresentaram. Eu fiz algumas reportagens para a TV e apresentei algumas bandas no DOMINGO.




Escrevi um artigo muito forte falando sobre minha história com o ROCK...
Confira aqui ... http://www.jesusistherock.com.br/




"O rock católico é um farol para que o jovem encontre seu porto seguro: Jesus e a Igreja!!! Por muitas e muitas vezes eu ouvi membros de bandas conhecidas como o Danilo Lopes, ex-baterista e vocalista da ETERNA, dizendo: “Não estamos levantando a bandeira do rock, mas a bandeira de Jesus, da Igreja!” Sou um dos muitos frutos desse farol. O rock me levou para Jesus e para a Igreja!"




--> >> Meu fim de semana foi ótimo... fui à São José dos Campos e dei uma palestra para os industriais... Conversei com eles sobre TRABALHO E CUIDADO... na correria ser atencioso...ser cristão.. levar amor aos que estão ao nosso lado.



Boa semana !!!

2 Comments

  1. Jesus te ama!!! Says:

    Oi Diego, tudo certo?
    Pra falar a verdade não curto rock, prefiro outros ritmos. Mas música e músicos que buscam a Deus são sempre bem vindoas.
    Fica com Deus!!! E vê se responde aos meus emails. Poxa, só eu não mereço sua atenção!!! Brincadeirinha! Te amamos!!!

     
  2. Felipe Savietto Says:

    Esse evento com certeza foi de grande importanciapra eliminar essa ideia de rock é do demonio. Ele é na verdade um grande anzol que Deus usa pra fiscar Aqueles que ele escolhe, a cada peixe a sua isca. Vejo a musica como um dos maiores meios da manifestação de Deus. E é muito triste acreditarmos que o rock pertence ao demonio, este pode reivindicar porque sabe do poder desse estilo musical, assim como reivindica a musica como um todo. Mas cabe a nós utilizarmos a musica para o fim que ela foi criada: nos aproximar de Deus.As vezes damos muito poder de criatividade ao demonio, achando que tudo o que é bom vem dele, enquanto que ele só deturpa a criação de Deus. Eu não fui um dos fisgados pelo rock, mas muitas das pessoas que conheço sim, como vou dizer que um instumento de conversão tão eficaz não vem de Deus?