"É 'quase um pecado' não ouvir este CD Não desista de viver!"(padre Joãozinho, scj)

Diego Fernandes retorna com tudo
Ontem na gravação do Especial de Natal da REDE VIDA encontrei muitos velhos amigos. Um deles foi Diego Fernandes. A maioria deve lembrar daquele irreverente rapaz que cantava nas missas da Canção Nova e acabou gravando um disco simplesmente sensacional e… sumiu. Coisas da vida. Curvas da estrada. O menino catarinense cultivou o silêncio e seus limites. Rapidamente foi esquecido. É assim que acontece com a TV. É pior que jornal. Hoje traz notícias quentes e amanhã só serve para embrulhar peixe. TV é “ligue já”. Se passar mais de uma hora ninguém lembra mais o nome ou o número do telefone. Por isso sou bem mais WebTV, BLOG, ou TWITTER. Mas, enfim, voltando ao assunto, sou seguidor do Diego Fernandes no Twitter (@diegofernandes1). Estava percebendo a sua volta como evangelizador itinerante, estudioso de comunicação e psicologia; jovem que tem uma linguagem que pega os jovens “na veia”. Não estamos somente diante de mais um rostinho bonito, com liguagem irreverente que canta canções piedosas com melodias migradas de algum tipo de estilo profano. Aí está um jovem que estuda muito para falar (ou cantar)pouco. Nem seria necessário falar muito de seu novo CD NÃO DESISTA DE VIVER. É simplesmente soberano. As letras são claras, simples e diretas; os arranjos de bom gosto; a interpretação original; bom português; poesia e teologia irretocáveis. É um CD verdadeiro!
O disco é um discreto e poético relato de confissões. Diego grava como “Ovelha ferida” que pecou e pede “Converte-me, Senhor”; ele gritou em “Dança de Avivamento” que a tempestade foi acalmada; reconheceu o pecado sabendo que a graça é “Infinitamente mais”; foi humilhado por muitos, mas “enquanto a multidão jogava pedras, Deus o levantou do chão”; se confessou, cumpriu a penitência e agora pode recomeçar sabendo que “Deus se apaixonou por mim”… É "sustento, abrigo, fortaleza, esconderijo…”. É o Deus da cura e da Libertação. É “quase um pecado” não ouvir este CD (aviso aos pseudo-ortodoxos de plantão: isto é uma metáfora!)
É um disco verdadeiro gravado pela jovem gravadora ATRAÇÃO, de São Paulo, que grava músicas populares e que tem uma linha de CDs cristãos (http://www.fastcommerce.com.br/sistema/home.asp?IDLoja=1342&1ST=1&Y=2409534737824). Ali se encontram gravações de católicos e evangélicos. É uma novidade neste meio. Se quiser conseguir um raro exemplar mande e-mail diretamente para o Diego: contato@diegofernandes.com . Impossível ouvir com o coração e não sentir vontade de fazer um bom exame de consciência e procurar um sacerdote para fazer sua confissão em festa como filho que volta para a casa do Pai. Já fiz a minha. O CD do Diego será, em minhas andanças, meu apoio de louvor nesta prepararação para o Natal.

padre Joãozinho, scj (17 Dezembro 2009)

Fonte: http://blog.cancaonova.com/padrejoaozinho/2009/12/17/diego-fernandes-retorna-com-tudo/

#########
IMPORTANTE:
VENDA DE CDS: O CD Não desista de viver está sendo distribuido por várias empresas. Entre em contato vendas@atracao.com.br http://www.atracao.com.br/ http://www.maedaigreja.com/ http://www.cdcristao.com/ entre outros! Procure na loja próxima à sua casa e incentive o lojista a fazer sua encomenda!
SHOWS E PREGAÇÕES: contato@diegofernandes.com  11 3297 2248

3 Comments

  1. Anônimo Says:

    Concordo plenamente com o Pe. Joãozinho, ainda não ouvir todo o cd mas as musicas que já ouvi me levaram a ter um encontro magnifico com o Senhor!!!
    O meu amigo está de parabéns por se deixar ser conduzido pelo Espirito Santo e se fazer servo!! Obrigada meu irmão em Cristo!!!! Saiba que sempre torci por vc e ainda continuo torcendo para que na sua vida sempre tudo der certo!!!
    Mil bjs, de sua irmã em Cristo Cy de Aracaju!!!

     
  2. Gabriel Vasconcelos Says:

    também concordo! em genero, numero e grau!

     
  3. edmar Says:

    diego eu sou edmar e estava no ressucita e revificai de valades e tenho pra dizer pra vc q eu gostei muito e galatas 5,1 vai ser meu dilema daki pra frente
    foi pra liberdade q cristo mim libertou