Capítulo - Quem foge de um amor, foge de seu próprio coração

Muitos namorados não acordam para o fato de que para amar de verdade é preciso se colocar no lugar do outro. Quem foge de um amor, foge de seu próprio coração. Não nos esqueçamos de que os problemas, assim como nós, gostam de viajar e nos acompanham até que cumpram seu papel em nossas vidas. Na história do coração, pessoas vêm, pessoas vão, assim como as águas do rio que mudam sempre. Palavras, rios, amores, pais, filhos, traumas, isolamentos. Escolhas são como canoas que a gente embarca. De repente começa a pipocar na cabeça perguntas como: Em que canoa eu embarquei?

CONVITE - LANÇAMENTO: A data prevista para a chegada nas livrarias é 30 de abril. Dia 10 de junho quero convidar você para o encontro com o título do livro aqui na Canção Nova (Cachoeira Paulista-SP) . Será o Domingo todo! (Autógrafos, palestra, música, oração, testemunho e missa).

2 Comments

  1. Fernanda Says:

    Oi Diego!
    Mto bom!!! o que li já deu um gostinho de querer ler tudo.
    Já anotei dia 10 de Junho na minha agenda, se Deus quiser, estarei ai.

    Que Deus abençoe!

    bjos

     
  2. NE Says:

    muito linda a figura do coração .

    "... cada escolha, uma renúncia . Isso é a vida! ..."

    QUE DEUS ILUMINE NOSSAS ESCOLHAS!FAZER-TE E VER-TE FELIZ ....MEU DESEJO...